---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Saga dos Valentes
Saga dos Valentes homenageia 91 valentes

Publicado em 26/06/2017 às 16:42 - Atualizado em 26/06/2017 às 16:42

Medalha "Valente Eternamente" recebida pelos homenageados Baixar Imagem

Participaram do evento 41 famílias e 10 entidades no tradicional desfile das famílias.

 

O desfile Saga dos Valentes eternizou a história do povo neoveneziano durante a 13ª Festa da Gastronomia Típica Italiana no último domingo, 18. O evento durou cerca de 2 horas e teve a participação de 41 famílias, dez entidades culturais e foram homenageados 91 valentes, sendo 61 homens e 30 mulheres.

A Secretaria Municipal de Educação e o Departamento Municipal da Juventude organizaram o evento com o objetivo de inovar e de transformar o tradicional desfile das famílias em um momento histórico de confraternização, saudosismo, cultura e emoção.

Segundo o secretário de Educação, Élzio Milanez, os verdadeiros protagonistas do espetáculo deveriam ser as famílias e seus valentes. Para reverenciar os valentes em vida de cada família-sobrenome que tem sua digital na construção dos 126 anos da história de colonização e 59 anos de vida político-administrativa, criou-se através de uma medalha personificada o mérito de Valente Eternamente.

“A mistura de gerações e etnias vieram comprovar o porque de Nova Veneza ser uma terra tão especial. O que se viu e se mostrou para o mundo é que nossa história tem suor, sacrifício, luta, respeito, amor, integração e, sobretudo valentes. Cada família, do seu jeito, quis mostrar ali que a palavra gratidão talvez seja uma das mais nobres na história da humanidade. Nas lágrimas, nos abraços, na emoção, na vibração que se viu em cada um, ficou a certeza de que a cada ano o espaço da Saga dos Valentes precisa ser eternizado e reinventado, pois temos uma história tão nobre e tão farta, que ninguém tem ou terá o direito de deixá-la morrer. Escrevemos apenas mais um capítulo, a história continua”, ressaltou.

Milanez também agradeceu a todas as famílias, entidades, equipe de apoio, voluntários e todos os envolvidos que contribuíram para que a história de cada geração das famílias pudessem ser contadas.

 

Texto: Gabriel da Conceição