Merendeiras de Nova Veneza recebem capacitação

Merendeiras de Nova Veneza recebem capacitação

As profissionais receberam informações sobre higienização no processo de manipulação e preparo da alimentação e técnicas de compostagem.

As merendeiras da creche Nona Angelina Nazari receberam nesta terça-feira,11, capacitação sobre higienização no processo de manipulação e preparo da alimentação. A ação foi uma iniciativa da APP (Associação de Pais e Professores) e da direção devido ao Dia da Merendeira, comemorado em 3 de abril, como forma de valorização das profissionais.

“Nosso trabalho foi sobre higienização, tanto pessoal, do ambiente de trabalho, de ferramentas e equipamentos, tudo isso precisa andar junto, a higiene do manipulador, do ambiente e dos utensílios e ferramentas utilizadas”, destacou o técnico da Vigilância Sanitária Celvir Buzanelo.

Segundo a diretora Célia Regina Savio Gava a alimentação é uma das partes mais importantes para a creche. “As merendeiras estão sempre comprometidas, elas têm todo um cuidado com o lavar a mão e o avental. Essa iniciativa da capacitação partiu da APP porque reativamos nosso quintal e devido ao Dia da Merendeira. São profissionais especiais e fundamentais para a escola”, ressaltou.

Para o secretário de Educação, Élzio Milanez, é necessário dar condições de trabalhos para os profissionais executarem os serviços. “A APP da creche Nona Angelina está dando um show e irão servir de exemplo para as outras escolas. Estamos providenciando para as auxiliares de serviço gerais, que são as merendeiras, uniformes para elas trabalharem, temos que dar condições de trabalho. A criança precisa receber a alimentação correta e estar em um ambiente saudável e limpo, e tudo isso elas fazem com eficiência. São tratadas como mães pelos alunos”, salientou.

Horta e compostagem

A creche reativou a horta e plantou mudas de hortaliças doadas pela Secretaria de Agricultura. As merendeiras também receberam capacitação sobre técnicas de compostagem, método que reaproveita resto de alimentos e grama para gerar adubo orgânico.

“Todos tem necessidade de consumir hortaliças todos os dias, elas tem fontes de vitaminas de A a Z, é importante para o desenvolvimento das pessoas, principalmente das crianças. É um boa iniciativa fazer uma horta no próprio local para se consumir os produtos o quanto antes. A compostagem é uma forma de produzir adubo orgânico na própria escola, é aproveitado o resto dos alimentos, grama e folhas, é uma forma de reaproveitar e economizar dinheiro”, destacou o engenheiro agrônomo Célio Boaroli.

Texto: Gabriel da Conceição

0 Comentários desativados em Merendeiras de Nova Veneza recebem capacitação 29 14 abril, 2017 Educação abril 14, 2017